Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
08 de agosto de 2010, às 22h12min
Realizada
São Paulo - SP

Entrega amigável totalmente de engano.

Adquiri um veículo modelo ford fiesta/00 financiado pelo Banco Itaú em 60X em maio/2007. Paguei em média de 1 ano e meio, e conforme algumas dificuldades financeiras acabei atrasando apenas duas parcelas. Porém, recebí uma ligação do escritorio ELAINE SILVA ADVOGADOS E ASSOCIADOS, me informando que se eu não pagasse aquelas parcelas atrasadas estariam emitindo um documento de "busca e apreensão" do meu veículo. Como eu havia acabado de perder meu emprego, resolví optar pela devolução amigável do bem, e conforme orientação telefônica, fiz os procedimentos que me mandaram. Disseram que havia duas alternativas, eu pagasse pouco mais de R$70,00 (setenta reais) e negociaria o restante com o banco itaú, ou então um valor um pouco maior do que R$300,00 (trezentos reais) e devido a quantidade de parcelas pagas, não haveria saldo remanescente, somente estes R$300,00. Optei pela segunda opção e durante o sábado 24 de janeiro de 2009, entreguei meu automóvel, logo pela manhã. Quando chegou fevereiro, recebí uma carta do Banco Itaú me cobrando R$8.000,00 (oito mil reais) de saldo remanescente, entrei em contato com a ELAINE SILVA ADVOGADOS E ASSOCIADOS, e notifiquei o problema, e pedí para ouvir a conversa que foi gravada pelo telefone, para entender o que haviam prometido,e exatamente o que fora prometido não foi cumprido. Não me enviaram os R$300,00 (trezentos reais) de parcela da quitação da devolução amigável e agora estou sendo cobrado pelo Banco Itaú, isto também se tratando de o meu nome estar bloqueado junto ao SCPC e SERASA. Após minhas reclamações, não recebí mais nenhuma carta e anos se passaram e achei que meu nome não estava mais protestado. Porém, agora em agosto/2010 recebi uma carta de um terceiro escritório, solicitando minha presença para negociar minha divida, uma vez que agora me interesso em negociar, porém, exijo do banco me devolver um veículo de igual valor, para que eu possa pagar esta pendência e não sair no prejuizo,pois apenas devolví meu carro, porque acreditei conforme prometido que estaria isento da dívida. E também conforme informações, apenas com duas parcelas em atrazo, não dá o direito da financeira emitir o busca e apreensão de veiculos. Agora, gostaria de saber como posso resolver este problema?
Resposta da Empresa:
22 de novembro de 2014, às 06h31min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!