Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
17 de novembro de 2011, às 23h02min
Realizada
Rio de Janeiro - RJ

Liberação de cartão de crédito

No início deste ano, abri uma conta no Banco Itaú, e desde então venho solicitando um cartão de crédito. Tenho excelente movimentação nesta conta, com recebimento dos meus proventos oriundos da união federal (sou militar), e mesmo assim não tenho sido ouvido pelo banco e só tenho minhas propostas negadas, sem nem mesmo serem enviadas para análise, o que tem me causado enorme constrangimento, uma vez que minha esposa que praticamente não movimenta sua conta, aberta dois dias após a minha, já teve seu cartão “oferecido e entregue” pelo banco. O banco me informa que não tenho limite para ter cartão de crédito, mesmo não tendo nenhum impedimento perante aos serviços de proteção ao crédito ou Serasa, mas me cedeu um limite de R$ 16.450,00 de crédito consignado, que contradição né?! Após entrar em contato por diversas vezes por todos os telefones cedidos pelo banco, não obtive sucesso em nenhuma das minhas solicitações/reclamações, pois em cada uma delas me mandam esperar pelo prazo de 05 dias úteis, e assim está acontecendo, há mais de 02 meses. Já reclamei com a ouvidoria do banco, com a central de cartões e na própria agência onde tenho conta, e as informações são completamente diferentes umas das outras. Na ouvidoria, dizem que meu cartão que uso como movimentação de conta e débito, já tem a função crédito, porém a mesma está “bloqueada”, e que devo entrar em contato com a central de cartões, que por sua vez se exime de culpa, dizendo que nada pode fazer, e que devo fazer tal solicitação com meu gerente de relacionamentos na minha agência. O que já foi feito inúmeras vezes, inclusive com o gerente ligando para a central de cartões na minha frente, e o atendente não sabendo dizer a ele o porquê da negativa de minhas solicitações. No dia 12 de outubro de 2011, abri uma demanda de nº 2011329216, contra o Banco Itaú junto ao site do Banco Centra do Brasil, e no dia 26 de outubro de 2011, recebi uma ligação em meu celular, da colaboradora que se identificou como Helma Belarmino de Santana, da Superintendência de Qualidade do Atendimento do Itaú, me informando que minha reclamação tinha sido recebida e direcionada ao setor responsável, e que após análise, me foi concedido o limite de crédito no valor de R$ 1.500,00, para o CARTÃO ITAÚ MÚLTIPLO INTERNAC – 5256 **** **** 4181, com adesão em 07.01.2011. A mesma me informou ainda, que para a utilização deste crédito, bastaria apenas efetuar o desbloqueio do cartão, através da central de atendimento ao cliente (4001 4428), ou por meio do caixa eletrônico, e que deveria aguardar o prazo de um (01) dia útil, para que tal solicitação entrasse em vigor. Fui informado ainda que tudo que o que me foi passado, seria registrado e encaminhado via e-mail e por sedex, e encaminhado também como resposta ao Banco Central do Brasil. Porém ao tentar efetuar este referido desbloqueio, fui informado pelos diversos atendentes, nas outras inúmeras ligações que realizei, que não “existe limite algum” autorizado para o meu cartão acima identificado. E que para tal solicitação, devo me dirigir a minha agência (faltando ao trabalho), para tentar solucionar com meu gerente de relacionamentos, visto que através do telefone, nós clientes, não temos mais acesso aos mesmos. Porém tal informação, não foi verdadeira, e sendo assim, no dia 03 de novembro de 2011, fiz outra reclamação no site do Banco Centra do Brasil, e na 5ª feira (10/11/11), o funcionário Alexandre Batista, da Superintendência de Qualidade do Atendimento do Itaú, me ligou novamente, sobre esta nova reclamação, informando que na última 4ª feira (09/11/11), este limite enfim tinha sido aprovado, e que na primeira hora de 6ª (11/11/11), poderia me dirigir a um caixa eletrônico, ou pelos telefones da central de relacionamento do cartão de crédito e realizar o desbloqueio da função crédito. Então ao chegar em casa, liguei e qual foi a minha surpresa?! O limite está aprovado, porém não foi realizado o desbloqueio, e ainda fui informado pelo atendente, que deveria me dirigir a minha agência, e solicitar ao meu gerente, pois além da função crédito, a função débito também estava bloqueada. Vale ressaltar que utilizo meu cartão nesta função normalmente, e só poderia estar bloqueado, caso o próprio banco tenha feito isto. Venho por meio desta reclamação, deixar claro meu enorme descontentamento com esta instituição, o que me faz pensar muito em mudar para outro banco, e procurar meus direitos, já que tenho passado por diversos e enormes constrangimentos.
Resposta da Empresa:
18 de setembro de 2014, às 06h37min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!