Categorias de empresas:
Pesquisar empresas:
Pesquise acima por categoria ou empresa e faça sua denúncia.
08 de fevereiro de 2011, às 16h26min
Realizada
São Paulo - SP

Serviços entregues de baixa qualidade e com inúmeras imperfeições

Em 21/08/2010 estivemos, eu e meu noivo, na loja Portobello do Morumbi para efetuarmos a compra do porcelanato necessário para revestimento de algumas áreas (banheiro, cozinha, lavabo, sala, corredor e varanda) de nosso apartamento localizado no mesmo bairro. Na mesma ocasião, fizemos a solicitação do orçamento da mão de obra especializada para colocação do porcelanato. Recebemos o orçamento inicial em 23/08 e após alguns ajustes incluindo a retirada de piso existente no local e a regularização do contra-piso para o assentamento correto, demos o aceite final. A previsão da entrega do material era para 12/11, o que infelizmente não ocorreu, acarretando atraso no início da obra. Ainda enquanto acertávamos todos os detalhes, (em 20/10), foi realizada visita técnica da Portobello no local e assim, confirmada a medição, fomos informados que havíamos feito compra a maior e que sobraria material, então, perguntamos se era possível utilizar este piso na lavanderia e banheiro fundos e obtive resposta positiva do vendedor técnico (também projetista), que não nos expôs qualquer diferença entre os materiais que iriam compor o local, uma vez que havíamos escolhido 2 porcelanatos diferentes, para áreas "molhadas" (Banheiros e cozinha) e áreas secas (sala, corredores). Eis que em dezembro, após início dos trabalhos, fomos informados que tal sobra não era sobra e que as áreas do corredor de entrada e do lavabo não haviam sido contempladas (o que não faz sentido uma vez que no pedido datado em 21/08 ambas constam, bem como em e-mails tratando do orçamento - onde solicitei por escrito, a retirada da ardósia do corredor de entrada, unica área interna que havia este piso. Também fomos surpreendidos quando constatei a retirada da pedra/balcão de nosso banheiro e perda total da mesma - isto feito sem prévia autorização de nossa parte, seja ela verbal ou escrita. (ao contrário, pois em e-mail datado em 26/10, confirmei alguns pontos com o vendedor, dentre eles, questões referentes ao banheiro, e em nenhum momento nos foi dito que a pedra seria retirada ou nos foi solicitada permissão para a mesma. Com isto tívemos uma nova despesa de quase R$2 mil para reposição da mesma. além de despesas com a reparação do gabinete, que também foi retirado sem nosso consentimento. Tal informação, entendemos que deveria ter sido dada no momento da contratação, para possibilitar aos clientes, planejamento de custos e prazos. Quando questionamos tal execução, nos foi dito que é assim e pronto, mas como consumidores, temos que ser informados e não adivinharmos o que será retirado ou não de cada ambiente. Vale lembrar, como em registro está, que dei o direcionamento para retirada e dispensa total do bidê e vaso, pois deixamos claro que estes seriam trocados. (mais uma oportunidade para abordar a questão da pedra!) Próximo a data prevista de entrega da obra (agendada para 17/12), outro item foi levantado: o contra-piso da sala e a necessidade de ajuste do mesmo. reiterando que tal item não foi levantado após visita técnica. Veja que tal medida, resultou na subida drástica da sala e do corredor em relação aos demais cômodos em até 5cm, em alguns casos, soleiras especiais deverão ser colocadas na tentativa de minimizar o problema. Novos custos não previstos o qual a prestadora se esquivou. Vale ainda ressaltar, que tal item foi negado pela Prestadora, mesmo diante de fita métrica e trena, evidenciando a diferença. Outra questão que também nos desgastou, está relacionada a falta de previsão do material a ser empregado, não só no engano de "sobra mas não sobra", como na necessidade de providência de materiais para o mesmo dia, sem considerar nossa disponibilidade em atender o pedido, uma vez que tanto eu quantomeu noivo trabalhamos e não estamos a disposição para este tipo de coisa. Quando contratamos uma empresa que se diz especializada, acreditamos que a mesma possa mensurar o despendio de materiais e eventuais necessidades previamente. Como resultado de tanta "trapalhada" temos hoje: Na Cozinha: - revestimento em moisaico que apresenta diversos desníveis de profundidade e alinhamento, principalmente na área maior que segue até o teto, resultado da não observância de eventuais diferenças entre as peças durante a colocação; - necessidade de colocação de soleira fora de padrão comercial para dar acabamento no degrau que se formou de 4,7cm entre a cozinha e o corredor de entrada; - visível diferença de lay-out e de material empregado na lavanderia e banheiro dos fundos verso a cozinha (ambiente que dá continuidade); - necessidade de colocação de soleira, entre lavanderia e cozinha, impedindo assim lavagem na área, uma vez que a cozinha se utiliza do ralo da lavanderia; - instalação da faixa do mosaíco sem considerar os acendedores de luz e tomadas pré-existentes. sala: - peça sobre-saliente no ambiente menor, criando possibilidade de eventuais tropeços quando em circulação livre no ambiente. (note que coloquei uma caixa sobre a pedra, para evitarmos "tropicões" ou "tropeços", e até mesmo desgaste da pedra. - falta de acabamento entre a sala e a varanda, onde há uma porta "de correr" que leva a varanda e que pelo acúmulo da chuva + diferença de nível a maior para a sala, infiltra água embaixo do piso. Nem mesmo um rejuntamento foi feito na tentativa de minimizar este problema ! - rodapé mau-instalado, visível aos olhos. varanda: - poça d´água significativa entre encontro de peças no lado esquerdo, inverso ao ralo. Assim, o escoamento deve ser feito com ajuda de rodo. banheiro principal: - box: queda para o lado oposto ao ralo. Novamente, o escoamento deve ser feito com ajuda de um rodo. Concluo reiterando que quando estivémos in loco com o gerente da loja e a responsável pela empreiteira, todos os itens foram constatados e confirmados, uma vez que a loja nos ofereceu refazer o serviço, desde que nós contratássemos técnicos para assistí-los, decretando assim, total imcopetência por parte dos mesmos. Em uma nova tentativa nossa em solucionar a situação, propussémos que ficassemos isentos do pagamento da última parcela de pouco mais de R$1,7mil + restituição do material empregado, para que pudéssemos empregar tal valor na contratação de outra empresa capaz de resolver os problemas deixados por eles. A Portobello Shop Morumbi não aceitou e manteve a primeiro proposta, reafirmando assim sua incapacidade de prestar serviços especializados com qualidade.
Resposta da Empresa:
01 de novembro de 2014, às 06h10min
A empresa em questão ainda não se pronunciou sobre esta denúncia.
portobello

Receba novidades por e-mail:

FIQUE SEMPRE INFORMADO!